[SP] Metrô SP: Bilheteiros Invisíveis da Empresa LIDERANÇA Seguem de Greve

Hoje os terceirizados da bilheteria do Metrô sob a Liderança não pararam tudo, mas estão realizando várias ações para lutarem por mais respeito e pagamento correto por parte dos patrões. Os trabalhadores estão realizando uma operação tartaruga independente do sindicato com variadas táticas para conseguir parar o trabalho nem que seja por algum tempo.

Na Bilheteria da Consolação, por exemplo, conseguiram reduzir o atendimento das bilheterias a apenas uma. Ontem, na bilheteria de Chácara Klabin, a bilheteria ficou fechada por uma hora e tiveram que liberar a catraca para todos. Em várias bilheterias estão ocorrendo interrupções e retornos ao trabalho e está sendo difícil fingir que eles não existem.

No dia 03/03 trabalhadores invisíveis das bilheterias do metrô SP denunciavam os cortes abusivos de seus pagamentos. A denúncia que pode ser encontrada no portal PassaPalavra(http://passapalavra.info/2019/03/125433/) conta com dezenas de comentários no post de trabalhadores denunciando, além do proposto na denúncia, as condições precárias em que são postos a trabalhar. A repercussão da denúncia foi suficiente para levar os trabalhadores a convocar toda a categoria para cruzar os braços nos dias 06/03 e 07/03 e irem sem uniforme para as bilheterias, recusando-se a abrirem os conteiners.

Algumas vezes nós, trabalhadores, imaginamos estar sozinhos e não esperamos muito apoio no local de trabalho, nos sentimos entregues pelos patrões e pelos sindicatos. Não se preocupe se a sua categoria não está 100% mobilizada. Se você e seus colegas não tiverem condições de entrar em greve vocês podem trabalhar pequenas formas de relaxar a rotina no trabalho proporcionando uma solidariedade entre você e seus colegas. Frente ao descaso, qualquer coisinha já tá valendo! Este site está disponível para receber sua denúncia e conversar com você a respeito de como nós podemos nos mobilizar contra esses abusos.

Deixe uma resposta